Este é o Café Montréal. Ele funciona da seguinte forma: você entra quando quiser, escolhe uma cadeira e pega seu café. Enquanto estiver desfrutando-o, aproveite para relaxar. Você pode simplesmente acompanhar o movimento e ver o que se passa ou, se preferir, pode se aproximar e participar das conversas. Seja bem-vindo e volte sempre!!! Satisfação garantida!!!

Processo Federal !!!

Salut nos amis,

Bom, gostaríamos de dizer que agora estamos no processo federal...mais um período de espera...rs...

Antes da entrevista já estávamos com os atestados de antecedentes criminais. Agora, nos últimos dias, nos dedicamos ao preenchimento dos formulários do federal.

Na quarta-feira passada (19/11/08)o Lior foi pessoalmente entregar a nossa documentação lá no Consulado.

Um dia antes eu fiz o pagamento da taxa (R$ 880,00 por cabeça)e tiramos as fotos (obedecendo todas as recomendações..)

Ainda bem que deu tudo certo, mas foi na "casquinha": ele saiu de casa às 09hs...mas, devido ao nosso maravilhoso trânsito aqui em Sampa, ele chegou lá às 10:55hs...ou seja, cinco minutos antes do horário que eles recebem os documentos (o período é das 09ha às 11hs de 2a. a 5a.).

Ele entregou o envelope e a moça disse para ele aguardar que alguém iria verificar se estava faltando alguma coisa.
Passada uma hora...ela retornou e disse que aparentemente estava tudo em ordem e que era para aguardarmos o contato deles (por email e por carta).

Aí ele perguntou se não havia alguma protocolo/comprovante de entrega/recebimento e ela disse que não, que agora era para a gente aguardar.

Então cá estamos nós esperando....rs..

Enquanto isso, tentamos fazer a inscrição da francisation en ligne e a mesma nos foi recusada: disseram que a gente não tem um CSQ... fala sério, né.... :-)

Acabamos de enviar um e-mail perguntando então como devemos fazer....

Enquanto esperamos, continuamos a estudar bastante francês...

Agora estamos com outro professor, pois a nossa querida prof. de sempre resolveu parar de dar aulas para trabalhar em um empresa.

Diminuímos um pouco a carga horária pois o novo prof. (que é francês) só tinha a disponibilidade de 3 horas por semana. Mas está tudo indo muito bem...

Também resolvi (Ana) estudar inglês: estou estudando com uma amiga minha que é prof. 2 horas por semana...tbm está super legal.

Outro assunto que vamos retomar em muito breve é o envio da documentação para a OIQ (Ordre des Ingénieurs du Québec).

Alors, c'est ça!

Bisous et à plus.

Aninha e Lior.

Là oui...!!!

Olá queridos amigos,

A nossa entrevista foi na sexta-feira (07/11) às 13:30hs, mas só tivemos tempo de escrever hoje... (Domingo...)

Finalmente temos o prazer de dizer que fomos aceitos pelo Québec!!!

Estamos muito contentes, apesar da frieza com que o M. Eddie Alcide nos tratou... Afinal de contas, o que importa é que no próximo verão do Québec já estaremos por lá...

Graças aos nossos amigos Juba e Andrea, que nos avisaram como era a postura do entrevistador, quando entramos na sala já lembramos de como foi a entrevista deles.

Foi praticamente idêntico...

Quando estávamos na sala de espera, vimos uma moça saindo da sala de uma senhora e logo pensamos que seríamos os próximos... mas aí chegou o M. Eddie e nos chamou para a sala dele.

Foi uma simples conferência de documentos. Ele praticamente não nos deixou concluir nenhuma idéia. Quando respondíamos a alguma pergunta, ele já nos cortava logo após a 1ª. frase e seguia para seu laptop para digitar alguma coisa (algo que fazia com muita dificuldade, diga-se de passagem...)

Tadinho do Lior... se eu já quase não falei, ele então... :-)

Mas o que importa é que deu tudo certo, e o objetivo final foi atingido: estamos com o nosso CSQ em mãos!!!

Agora é dar sequência ao processo e entrar no federal ainda essa semana.
Já temos todos os atestados de antecedentes e documentos necessários. Só falta tirarmos as fotos e preencher os formulários... e pagar as taxas, bien sûr... :-(

Gostaríamos de agradecer a todos os nossos amigos e familiares que nos apoiaram e continuam nos apoiando nessa empreitada.

Sexta-feira à noite foi uma bagunça super gostosa aqui em casa: recebemos alguns amigos que vieram bebemorar essa nossa conquista.

Adoramos encontrar vcs...

Aos amigos que não vieram, pas de problème: sabemos que vocês estavam presentes, mesmo à distância... rs... Não se preocupem: depois a gente comemora de novo!!!

Agradecimentos especiais aos nossos amigos que estão no mesmo barco: Juba e Déia, Rosana, Ariane, Samuca, Babi e Wal, Rô e Fê, Glaucia... e todos àqueles que nos acompanham "virtualmente"...

Agradecimento especial aos nossos queridos amigos québecois Jean-Marc e Danielle... que nos encorajam bastante para que nos tornemos seus compatriotas...
On vous embrasse très fort. Merci beaucoup!!!

Bom, por enquanto é isso.

A única dica que podemos dar sobre a entrevista é:

"Answer the question."

...e fiquem atentos para entenderem as perguntas, pois o M. Eddie fica um tempão digitando e de repente vira pra você e pergunta mais alguma coisa... (com uma dicção que não o habilita a ser, digamos, locutor da Radio Canada...) Portanto, não se percam olhando a paisagem de São Paulo através da bela janela localizada atrás dele... :-)

Ele não é de muita conversa. Ou melhor, ele não é de nenhuma conversa... rs... Mas acreditamos que ele é "correct". Ele faz seu trabalho corretamente, mas sem muita empolgação. Essa é a diferença entre ele e os outros entrevistadores dos quais ouviamos falar.

De qualquer forma, o que importa é sair de lá com o CSQ na mão, e foi isso que aconteceu...

À la prochaine...

Gros becs,

Aninha e Lior

Mes Aïeux

Salut tout le monde...!!!

Hoje é domingo e falta menos de uma semana para nossa tão esperada entrevista...

É verdade que a ansiedade começa a nos rondar, mas agora só nos resta relaxar e esperar pela 6ª feira.

Para ajudar a nos distrair, sem deixar de estar em contato com a língua francesa e com a cultura québecoise, o You Tube tem sido uma fonte interessante.

Acredito de muitos de vocês já conheçam um conjunto chamado "Mes Aïeux". Aqui no Café, nos gostamos muito de uma música chamada "Dégénérations".

Segue o link para a performance ao vivo na Fête Nationale du Québec, e a letra para quem quiser acompanhar.

À la prochaine,

DÉGÉNÉRATIONS
(S. Archambault, Mes Aïeux / S. Archambault, Mes Aïeux)


Ton arrière-arrière-grand-père, il a défriché la terre
Ton arrière-grand-père, il a labouré la terre
Et pis ton grand-père a rentabilisé la terre
Pis ton père, il l'a vendue pour devenir fonctionnaire

Et pis toi, mon p'tit gars, tu l'sais pus c'que tu vas faire
Dans ton p'tit trois et demi bien trop cher, frette en hiver
Il te vient des envies de devenir propriétaire
Et tu rêves la nuit d'avoir ton petit lopin de terre

Ton arrière-arrière-grand-mère, elle a eu quatorze enfants
Ton arrière-grand-mère en a eu quasiment autant
Et pis ta grand-mère en a eu trois c'tait suffisant
Pis ta mère en voulait pas ; toi t'étais un accident

Et pis toi, ma p'tite fille, tu changes de partenaire tout l'temps
Quand tu fais des conneries, tu t'en sauves en avortant
Mais y'a des matins, tu te réveilles en pleurant
Quand tu rêves la nuit d'une grande table entourée d'enfants

Ton arrière-arrière-grand-père a vécu la grosse misère
Ton arrière-grand-père, il ramassait les cennes noires
Et pis ton grand-père - miracle ! - est devenu millionnaire
Ton père en a hérité, il l'a tout mis dans ses RÉERs

Et pis toi, p'tite jeunesse, tu dois ton cul au ministère
Pas moyen d'avoir un prêt dans une institution bancaire
Pour calmer tes envies de hold-uper la caissière
Tu lis des livres qui parlent de simplicité volontaire

Tes arrière-arrière-grands-parents, ils savaient comment fêter
Tes arrière-grands-parents, ça swignait fort dans les veillées
Pis tes grands-parents ont connu l'époque yé-yé
Tes parents, c'tait les discos ; c'est là qu'ils se sont rencontrés

Et pis toi, mon ami, qu'est-ce que tu fais de ta soirée ?
Éteins donc ta tivi ; faut pas rester encabané
Heureusement que dans' vie certaines choses refusent de changer
Enfile tes plus beaux habits car nous allons ce soir danser...