Este é o Café Montréal. Ele funciona da seguinte forma: você entra quando quiser, escolhe uma cadeira e pega seu café. Enquanto estiver desfrutando-o, aproveite para relaxar. Você pode simplesmente acompanhar o movimento e ver o que se passa ou, se preferir, pode se aproximar e participar das conversas. Seja bem-vindo e volte sempre!!! Satisfação garantida!!!

Carla Bruni (?!)

Pois é... preciso dizer que eu estava me segurando para não fazer esta postagem, mas não resisti...

Ouvi esta música hoje de manhã na Rádio Eldorado e, como estamos numa fase de colocar musiquinhas aqui no Café, pensei em partilhar mais uma com vocês.

Aí vocês vão dizer: colocar música no blog OK, mas Carla Bruni... Eu sei, eu sei..., mas temos que admitir que trata-se de uma canção bem simpática, quand même... (além de ter causado um certo "escândalo" quando foi lançada - prestem atenção na letra, seria "apologia às drogas"...??? Je ne sais pas...)

Aproveito para ressaltar que o Café continuará dando preferência para trilha sonora de artistas quebécoises, mas estamos abrindo uma exceção, por se tratar de Madame Sarkozy. :-)

Bises,



Tu es ma came,
Mon toxique, ma volupté suprême,
Mon rendez-vous chéri et mon abîme
Tu fleuris au plus doux de mon âme

Tu es ma came
Tu es mon genre de délice, de programme
Je t'aspire, je t'expire et je me pâme
Je t'attends comme on attend la manne

Tu es ma came
J'aime tes yeux, tes cheveux, ton arôme
Viens donc là que j'te goûte que j'te hume
Tu es mon bel amour, mon anagramme

Tu es ma came
Plus mortelle que l'héroïne afghane
Plus dangereux que la blanche colombienne
Tu es ma solution, mon doux problème

Tu es ma came
A toi tous mes soupirs, mes poèmes
Pour toi toutes mes prières sous la lune
A toi ma disgrâce et ma fortune

Tu es ma came
Quand tu pars c'est l'enfer et ses flammes
Toute ma vie, toute ma peau te réclament
on dirait que tu coules dans mes veines

Tu es ma came
Je me sens renaître sous ton charme
Je te veux jusqu'à en vendre l'âme
À tes pieds je dépose mes armes
Tu es ma came
Tu es ma came

Ariane Moffatt

Desocupados leitores,

como até agora ninguém reclamou das músicas que estamos tocando aqui no Café, hoje temos mais uma sugestão...

Trata-se de Ariane Moffatt, e a música se chama "Briser un coeur". É bem simpática (a música...) e está entre as mais tocadas há algum tempo...

Esperamos que vocês gostem,

À la prochaine...



Segue a letra (de lambuja), mas não se acostumem... :-)

J'ai brisé un coeur
Comme un pot de fleur
Je l'ai échappé
Pas même ramassé

J'ai brisé un coeur
Pas n'importe lequel
Le seul qui battait
Dans mes deux oreilles

J'ai brisé un coeur
comme la dernière fois
Que la grande peur
s'était levé en moi

Chorus
Mais cette fois-çi
je vais m'en occuper
(comme un petit oiseau à l'aile brisé)
Je vais le tenir
entre mes mains d'enfant
(et injecté de l'amour et du bon temps)
Ha ha ha ha

J'ai brisé un coeur
L'ai laisseé mi-battant
Sanglant et sans mot
dans un cellulaire

Puis j'ai raccroché
plus pourrie qu'avant
Le regard taché
de sales sentiments

J'ai brisé un coeur
comme la dernière fois
Que la grande peur
s'était levé en moi

Mais música...!!!

Salut les enfants,

então, domingo à noite, ouvindo a Rythne FM, (que, diga-se de passagem, é bem recomendável) tivemos a sorte de ouvir a uma espécie de "pocket show" da cantora Isabelle Boulay. Não sei quantos de vocês a conhecem, nós não conhecíamos, mas que voz...

Estamos colocando uma das músicas aqui. Se vocês gostarem podemos colocar outras.

Bisous et à bientôt,

The Lost Fingers

Salut tout le monde,

um dia desses, ouvindo um programa na rádio Corus (98,5 fm de Montréal), ouvimos falar sobre uma banda chamada "The Lost Fingers".

A notícia dizia algo a respeito de se tratar de uma banda quebecoise que estava em 1º lugar entre os álbuns mais vendidos em todo o Canadá. Bom, resolvemos dar uma verificada, e não é que os caras são legais mesmo...?

O álbum em questão chama-se "Lost in the 8o's", e para quem é da nossa geração tem um gostinho especial. Por exemplo:



Divirtam-se e à la prochaine,

Lior et Aninha